Sessão homenageia mulheres que lutaram contra a ditadura

13 Luizianne

(Foto: Agência Câmara) 

As vozes das inúmeras mulheres que lutaram por democracia durante a ditadura civil-militar brasileira ecoaram durante sessão solene realizada na manhã da última segunda-feira (7/12), na Câmara dos Deputados. O requerimento, de autoria da deputada federal Luizianne Lins (PT/CE), teve o objetivo de prestar reconhecimento ao papel que muitas mulheres desempenharam durante o período.
Luizianne evidenciou em seu discurso de abertura que é do passado de lutas que vem a força para defender a democracia hoje. “Foram vinte longos anos que impuseram à massa dos brasileiros e brasileiras a despolitização, o medo e a mordaça: a ditadura prendeu, oprimiu, torturou, matou e reprimiu sonhos e projetos de vida de mulheres e homens do nosso país que tinham compromissos com a democracia, a liberdade e que  sonhavam com um país mais justo e igualitário”, destacou.
Eleonora Menicucci (foto), secretária de Políticas para as Mulheres, falou sobre o orgulho e determinação da sua geração, que escolheu abandonar as prerrogativas da juventude dos anos dourados para entrar na luta contra a ditadura civil-militar no País. “Tínhamos uma determinação que brotava de dentro da vida da gente, de dentro do coração, que era entregar nossa juventude na luta pela reconquista dos direitos em nosso país; não foi fácil, foi difícil, sangrento e doloroso”, rememorou.

Debate sobre comunicação e democracia marca lançamento do jornal Papel de Esquerda

20151205_210107.jpg

Na noite do último sábado, 5, no Bistrô da Bárbara, em Fortaleza, foi lançado o Papel de Esquerda, jornal de debates produzido pelo mandato da deputada federal Luizianne Lins (PT-CE). De periodicidade bimestral, o jornal tem como objetivo repercutir discussões, ideias e mobilizações do campo progressista. O ato de lançamento contou com uma palestra do jornalista e professor Ronaldo Salgado (Comunicação Social – UFC), uma das mais importantes referências do ensino de jornalismo no Estado, sobre “Comunicação e Democracia”. Continuar lendo

Abaixo-assinado defende representação contra Cunha

A deputada Luizianne Lins (PT-CE) assinou hoje à tarde o abaixo-assinado pela admissão da representação disciplinar, ajuizada no Conselho de Ética da Casa, que pede o afastamento do deputado Eduardo Cunha da presidência da Câmara dos Deputados e contra a obstrução da pauta promovida pelos partidos de oposição. Entre outros pontos, o documento avalia que o deputado tem revelado, diuturnamente, a falta de qualquer pudor em utilizar sua posição de direção da Câmara Federal em proveito próprio, inclusive promovendo e patrocinando o cancelamento de sessão do Conselho de Ética, atacando Instituições e praticando toda sorte de chantagens.

Confira a íntegra do texto: Continuar lendo