Relatora da Comissão de Combate à Violência Contra a Mulher, Luizianne elogia tema da redação do Enem

31

Simone de Beauvoir (1908-1986), citada em questão sobre a luta feminista: contra a opressão de gênero

A deputada federal Luizianne Lins elogiou a escolha do tema “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, na redação do Enem 2015, realizado no último fim de semana. Segundo Luizianne, que é relatora da Comissão Mista de Combate à Violência Contra a Mulher no Congresso Nacional, o tema e a citação a Simone de Beauvoir em uma questão sobre a luta feminista foram uma feliz decisão dos organizadores do exame por levar à reflexão de milhares de candidatos e candidatas o problema da opressão de gênero em nosso País. Continuar lendo

Luizianne: turismo LGBT ajuda a combater a homofobia

Turismo LGBT

A Comissão de Turismo promoveu na tarde dessa quarta-feira uma audiência pública para discutir a importância do Turismo LGBT. A realização da audiência foi solicitada pelo mandato da deputada federal Luizianne Lins (PT-CE), através de requerimento à comissão, e contou com a participação de autoridades e especialistas no tema.

O objetivo, segundo Luizianne, era discutir o assunto não apenas em seu viés econômico – já que se trata de um setor com forte dinamismo financeiro -; mas também em sua perspectiva educativa, de promoção de direitos e de combate à homofobia. “Essa discussão do turismo LGBT traz muitos benefícios. Não só na economia, mas na sociedade como um todo. É um processo educativo, de aceitação, de respeito”, destacou. “Não apenas a questão de mais um nicho econômico, mas de educação para a diversidade sexual”. Continuar lendo

Dilma: “quem tem força moral e reputação ilibada para atacar minha honra?”

cut1

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, na noite de terça-feira (13/10), que não teme o golpismo, pois lutou a vida inteira pela liberdade. Durante a abertura do 12º Congresso da Central Única dos Trabalhadores (Concut), em São Paulo, ao lado dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Pepe Mujica (Uruguai), ela atacou a moralidade dos ‘sem moral’.

“Eu me insurjo contra o golpismo e suas ações conspiratórias e não temo seus defensores. Pergunto com toda a franqueza: quem tem força moral, reputação ilibada e biografia limpa suficientes para atacar a minha honra?”, questionou, em discurso. Continuar lendo

Representação pede cassação de Eduardo Cunha

Post 1310 (16h)

Participamos agora de ato político no Conselho de Ética que vai protocolar representação contra o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele não tem, no momento, condição moral alguma de presidir a Câmara e muito menos de conduzir um processo de impeachment contra uma presidente que não tem nada pairando sobre si. O documento, do qual nosso mandato é signatário, pedirá a abertura de processo de cassação do mandato  de Cunha por quebra de decoro parlamentar. Investigações do Ministério Público Federal revelaram que o atual presidente da Câmara é beneficiário de contas secretas abertas da Suíça e que é processado naquele país por corrupção e lavagem de dinheiro. Na CPI da Petrobras, Cunha havia afirmado que não possuía tais contas. Por ter mentido a seus pares, quebrou o decoro parlamentar.